Lisboa veste-se a rigor para receber Santo António


 

Lusa/AO Online   Nacional   12 de Jun de 2010, 13:28

 A cidade de Lisboa vive hoje os mais animados dia e noite das suas festas com os Casamentos de Santo António e o desfile de 23 marchas portuguesas e um agrupamento colombiano na Avenida da Liberdade.

Com o regresso de Benfica e Penha de França ao concurso das marchas, não pisam este ano a avenida os bairros de Belém e Campolide, dois últimos classificados em 2009.

Só podem concorrer 20 marchas, sendo que as duas últimas da tabela de pontuação têm de entrar num sorteio com novos candidatos para se voltar a definir as que vão ocupar esses dois lugares.

Além dos dois regressados, vão competir, sob o tema do centenário da República, os bairros de Alfama e Castelo (vencedores de 2009 em ex-aequo), Alcântara, Alto do Pina, Bairro Alto, Baixa, Bela Flor, Beato, Bica, Carnide, Graça, Lumiar, Madragoa, Marvila, Mouraria, Olivais, Santa Engrácia e São Vicente.

Os resultados serão divulgados no início da manhã de domingo, feriado municipal.

Antes do concurso vão passar na avenida (a partir das 21:00), a marcha dos mercados da cidade, a da Sociedade Infantil Voz do Operário e as dos convidados: a Marcha de São João das Lampas, do concelho de Sintra, e o agrupamento do Carnaval de Barranquilla das Festas Populares da Colômbia.

Na plateia vão o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, e vários vereadores, além dos 16 casais de Santo António, com idades entre 21 e 35 anos.

Os casamentos civis vão decorrer às 11:00 nos Paços do Concelho, enquanto a cerimónia religiosa, que conta com 11 pares, tem lugar às 15:00 na Sé.

Devido às festas haverá cortes de trânsito junto à Avenida da Liberdade e nos vários bairros típicos, devido aos arriais, e prolongamentos dos serviços de transporte público – as linhas verde e azul do Metro vão funcionar até perto das 02:30 e a CP terá comboios a partir para Sintra e Cascais cerca das 02:30, 3:30 e 04:30.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.