José Sócrates vai deixar de estar em prisão preventiva

José Sócrates vai deixar de estar em prisão preventiva

 

LUSA/AO online   Nacional   4 de Set de 2015, 19:05

O advogado de José Sócrates, João Araújo, disse hoje à agência Lusa que o ex-primeiro-ministro vai deixar de estar em prisão preventiva

João Araújo afirmou que está ainda a ler um despacho judicial, sem precisar se vai haver outra medida de coação aplicada ao seu constituinte.

Segundo o canal CMTV, que avançou a notícia da libertação do ex-primeiro-ministro, José Sócrates já deixou o Estabelecimento Prisional de Évora.

Dos arguidos no processo "Operação Marquês", apenas continuava preso, desde 21 de novembro de 2014, José Sócrates, indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva.

O empresário Carlos Santos Silva esteve preso preventivamente, mas, em maio, passou a estar em prisão domiciliária, com pulseira eletrónica.

Além de José Sócrates e Carlos Santos Silva, são arguidos Joaquim Barroca, o ex-motorista de Sócrates João Perna, o administrador da farmacêutica Octapharma Paulo Lalanda de Castro, a mulher de Carlos Santos Silva, Inês do Rosário, o advogado Gonçalo Trindade Ferreira, o presidente da empresa que gere o empreendimento de Vale do Lobo, Diogo Gaspar Ferreira e o ex-ministro Armando Vara.

 

*Notícia atualizada às 19h30


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.