José Mourinho acusado de defraudar fisco espanhol em 3,3 milhões de euros

José Mourinho acusado de defraudar fisco espanhol em 3,3 milhões de euros

 

Lusa/AO Online   Futebol   20 de Jun de 2017, 11:36

A secção de delitos económicos da procuradoria de Madrid apresentou uma denúncia contra o treinador de futebol português José Mourinho, por ter defraudado o Estado espanhol em 3,3 milhões de euros, segundo a agência EFE.

 

Citando a procuradoria da capital espanhola, a queixa apresentada a uma instância judicial de Alarcón refere-se aos impostos sobre os rendimentos obtidos nos anos 2011 e 2012, quando treinou o Real Madrid.

O ministério público espanhol calcula que os montantes ascendam a 3.304.670 euros, dos quais 1.611.537 relativos a 2011 e 1.693.133 referentes a 2012.

Mourinho, de 54 anos, orientou o Real Madrid entre 2010 e 2013. Antes, o atual treinador do Manchester United comandou Chelsea, Inter Milão, FC Porto, União de Leiria e Benfica.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.