Autárquicas

José Manuel Bolieiro apresenta projeto de cidadania e obra feita em Ponta Delgada

José Manuel Bolieiro apresenta projeto de cidadania e obra feita em Ponta Delgada

 

Lusa/AO Online   Regional   4 de Ago de 2017, 18:39

O cabeça de lista do PSD à Câmara de Ponta Delgada e recandidato ao cargo, José Manuel Bolieiro, afirmou hoje que o projeto que apresenta às eleições autárquicas é de cidadania e fala em obra feita.

“Queremos evidenciar, sem qualquer dúvida, que o nosso projeto é de cidadania. Estamos candidatos por sentido de missão cívica e por espírito de serviço à nossa gente, à nossa terra”, afirmou José Manuel Bolieiro na apresentação das listas do PSD à câmara, assembleia municipal e a 23 assembleias de freguesia. Na freguesia de Santa Clara, o PSD apoia a recandidatura do presidente da autarquia por um movimento independente.

No discurso, no largo do Colégio, requalificado no âmbito do orçamento participativo, o social-democrata manifestou confiança na lista de candidatos apresentada, pela capacidade de prestarem "um bom serviço público, com estratégia, dedicação e realismo”.

“Não estamos candidatos por afirmação de uma carreira política, nem por obrigação partidária”, continuou.

José Manuel Bolieiro garantiu que os candidatos estarão, como estão, “ao serviço” das causas democrática, do desenvolvimento sustentável, da solidariedade, da inclusão social, e da educativa e cultural.

“Fomos pioneiros no poder local dos Açores quanto ao procedimento transparente, imparcial, anualmente previsível, regular, certo e reforçadíssimo nas transferências financeiras municipais para as juntas de freguesia”, adiantou, destacando que foram triplicados os valores.

A este propósito garantiu que o município não olhou às cores partidárias, mas respeitou “integralmente a legitimidade democrática de cada um”.

“Acrescentámos, ainda, um princípio de coesão territorial, compensando com uma majoração de 20% as freguesias mais pequenas e periféricas do concelho”, afirmou, frisando: “Estamos candidatos pelo sim à verdade e ao realismo, pelo não à demagogia e às proclamações enganadoras”.

José Manuel Bolieiro referiu ainda que conhecem “os meios financeiros e económicos” de que dispõem e “as prioridades que realmente importam às pessoas”, expressando orgulho pelo que foi alcançado em termos de transparência e gestão das finanças municipais, e manifestando confiança na “autonomia de pensamento e contra a ideia de um pensamento único nos Açores”.

O cabeça de lista garantiu que quer continuar, “com a confiança das pessoas, o percurso e o rumo traçados há quatro anos”.

“Temos obra feita (…) mas é também obra que orgulha este modo – o nosso modo - de estar na política e no poder local”, salientou, para acrescentar que este é um projeto de continuidade e, tudo isso, “por causa do futuro”.

José Manuel Bolieiro prometeu ainda não fazer da campanha eleitoral “a manipulação da liberdade de escolha das pessoas”, dizendo que podem contar com a candidatura para uma “política responsável e de confiança”.

Da atual equipa do presidente da câmara municipal, apenas se mantém Pedro Furtado. Além deste, integram a lista José Humberto Melo (engenheiro mecânico), Maria José Duarte (técnica superior na Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada), Alexandra Viveiros (jurista), Paulo Mendes (sociólogo), Ana Almeida (engenheira alimentar), Eunice Santos (professora) e Luís Freitas (assistente técnico).

O cabeça de lista do PSD à Assembleia Municipal de Ponta Delgada é Francisco Rego Costa, que se recandidata ao lugar.

A Câmara de Ponta Delgada, o maior município do arquipélago, é liderada pelo PSD, que tem cinco dos quatro mandatos. Os restantes quatro são do PS.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.