Jerónimo critica oposição e Cavaco por terem reduzido capacidade das pescas

Jerónimo critica oposição e Cavaco por terem reduzido capacidade das pescas

 

Lusa/AO Online   Nacional   12 de Dez de 2011, 06:44

O secretário-geral do PCP criticou  PSD, PS, CDS e o Presidente da República por pedirem um maior aproveitamento do mar depois de terem reduzido “dramaticamente” a capacidade das pescas e liquidado várias atividades marítimas nos últimos anos.

“Sem corar de vergonha, alguns dos protagonistas (das últimas décadas), entre os quais o atual Presidente da República, à época primeiro-ministro, não se cansam hoje de clamar por um maior aproveitamento desse imenso recurso nacional que é o mar”, disse Jerónimo de Sousa.

O líder comunista falava no seminário “O futuro das pescas em Portugal e a reforma da Política Comum de Pescas”, organizado pelo Grupo Comunitário de Esquerda e pelo PCP, em Sesimbra, que reuniu pescadores de todo o país, principalmente da região de Lisboa.

Jerónimo de Sousa recordou que, só na década de 90, Portugal reduziu a sua frota pesqueira em 36 por cento e as capturas caíram 40 por cento.

“Os hoje amigos do mar são os mesmos que, ao longo de 35 anos de políticas de direita, não só reduziram dramaticamente a dimensão e capacidade das pescas nacionais, como praticamente liquidaram outras atividades económicas que têm o mar como centro da sua existência”, defendeu.

Para o líder comunista, “é esta mesma gente que acabou com a marinha mercante portuguesa, encerrou e continua a encerrar estaleiros (…) e foi trocando as infraestruturas de apoio à pesca por umas regatas de iates que nunca se realizam ou para edifícios da Fundação Champalimaud”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.