Japão prepara mísseis Patriot perante eventual lançamento de míssil norte-coreano


 

Lusa/AO online   Internacional   3 de Dez de 2012, 11:20

O Japão começou a instalar mísseis terra-ar de defesa Patriot perante a previsão do lançamento de um míssil norte-coreano, informou fonte oficial citada pela AFP.

Pyongyang anunciou no sábado a intenção de colocar em orbita, entre 10 e 20 de dezembro, um satélite de observação terrestre, depois da análise dos erros cometidos num lançamento falhado em abril passado.

Tóquio anunciou imediatamente a suspensão das conversações com a Coreia do Norte previstas para os dias 05 e 06 de dezembro em Pequim.

Segundo a televisão pública japonesa NHK, um barco que transportava mísseis Patriot PAC-3 (Patriot Advanced Capability-3) deixou a base naval do oeste do Japão na segunda-feira e seguiu em direção a Okinawa, no extremo sul do país.

O ministro da defesa, Satoshi Morimoto, ordenou no sábado às forças japonesas para se prepararem para o eventual lançamento do míssil norte-coreano.

Um porta-voz do ministério disse à AFP que as "forças terrestres, aéreas e navais (do Japão) preparam-se para chegar a Okinawa", que poderá estar sob a trajetória do míssil norte-coreano.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.