Ciência

Investigadores descodificam genoma do morango e do cacau


 

Lusa/AO online   Internacional   27 de Dez de 2010, 17:51

Duas equipas de investigadores descodificaram o genoma do morango e da planta do cacau, o que pode ajudar a melhorar geneticamente o seu cultivo, segundo a edição de hoje da revista Nature Genetics.
Os cientistas do centro de investigação francês CIRAD conseguiram descodificar o genoma da planta “theobroma cacao”, usada para produzir chocolate.

Esta planta, originária da América Central e do Sul, começou a ser cultivada há cerca de 3000 anos e permite produzir actualmente 3,7 milhões de toneladas de cacau por ano.

Por outro lado, uma equipa de cientistas norte-americanos conseguiu sequenciar o genoma dos morangos silvestres, uma planta existente em todo o hemisfério norte, semelhante à dos morangos comuns mas biologicamente mais simples.

As duas investigações abrem caminho à criação de plantas mais resistentes a pragas e contribuem para melhorar as colheitas dos dois produtos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.