Investigação de acidente em Porto Santo poderá deduzir homicídio por negligência

Investigação de acidente em Porto Santo poderá deduzir homicídio por negligência

 

Lusa   Nacional   24 de Ago de 2010, 17:29

O coordenador do Ministério Público (MP) na Madeira, Gonçalves Pereira, afirmou hoje que o MP está a investigar o caso da queda da palmeira, podendo vir a deduzir uma acusação por “homicídio por negligência”.

“Se for possível responsabilizar alguém pela omissão de um dever de cuidado de que tenha resultado uma morte”, MP pode vir a acusar “os responsáveis por um crime de homicídio negligente”, esclareceu à Lusa coordenador do Ministério Público da Madeira.

No domingo à noite durante, num comício verão do PSD no centro da cidade do Porto Santo, a queda de uma palmeira de grande porte provocou a morte de uma madeirense de 61 anos e dois feridos graves, mãe e filho, com 44 e 24 anos, respetivamente, residentes em Portugal continental que haviam chegado na véspera à ilha para passar uma semana de férias.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.