Incêndios

Câmara de Braga ativa Plano Municipal de Emergência


 

Lusa/AO Online   Nacional   16 de Out de 2017, 09:31

A Câmara de Braga ativou o Plano Municipal de Emergência devido ao prolongamento, por mais algum tempo, de “condições favoráveis à ocorrência de incêndios florestais”, mas também por causa da perspetiva de enxurradas após as anunciadas chuvas.


Considerando a situação de incêndios de "gravidade acima no normal", autarquia explica, em comunicado, que a medida surge porque ainda há “condições favoráveis à ocorrência de incêndios florestais” e, a outro nível, devido “à previsibilidade da ocorrência de precipitação que, face às condições atuais dos solos, possibilitará o arrastamento de materiais sólidos".

Durante a noite de sábado, o dia e noite de domingo, vários focos de incêndio atingiram o concelho de Braga, com destaque para o da área do Bom Jesus e do Sameiro, que destruiu uma casa e dois armazéns e obrigou à "evacuação preventiva" de várias habitações.

"Considerando que a situação presente implica a adoção de medidas especiais nos termos previstos no Plano Municipal de Emergência, foram acionados os agentes de Proteção Civil da área do Município necessários aos trabalhos para a resolução da ocorrência, sem prejuízo das decisões tomadas pelo comandante das Operações de Socorro. Foram ainda acionadas todas as entidades e pessoas com especial dever de colaboração nos termos de mesmo Plano", lê-se.

A autarquia avisa ainda que "por motivos de segurança, a via da Falperra e a via de acesso ao Bom Jesus e ao Sameiro encontram-se encerradas total ou parcialmente, para trabalhos de limpeza e manutenção das estradas e remoção de árvores caídas".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.