Ambiente

Impacto da maré negra pode chegar ao nosso prato


 

Lusa / AO online   Nacional   5 de Mai de 2010, 11:21

As espécies de peixe afectadas pela maré negra no Golfo do México podem vir parar à mesa do consumidor português, mesmo que a captura não seja feita directamente no local, alertou a presidente da Quercus à agência Lusa.
"As espécies que existem nos oceanos podem ser afectadas pelas marés negras de duas formas: podem morrer ou ser contaminadas", sendo que, no segundo caso, não está excluída a hipótese de "virem parar ao nosso prato", assinalou Susana Fonseca.

Segundo a responsável, se a área atingida for uma zona de captura de pescado para Portugal "a poluição pode chegar até nós mais directamente", mas, mesmo que não o seja, o risco não está excluído.

"O mar é aberto e a poluição num lado chega rapidamente ao outro extremo do globo através das correntes. Nós podemos estar a capturar longe e essa zona ser afectada", exemplificou a ambientalista.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.