Histórias do Brasil no Encontro de Teatro de Pombal no início de 2016


 

Lusa/AO Online   Nacional   29 de Dez de 2015, 11:11

O grupo Procênio, de São Paulo, apresenta no início de 2016, em Pombal, históricas típicas do Brasil, na terceira edição dos Encontros de Teatro promovidos pelo Teatro Amador de Pombal (TAP).

 

"É a nossa prenda de entrada no ano novo: teatro", explica à agência Lusa Humberto Pinto, ator e um dos responsáveis do TAP, que destaca a primeira internacionalização dos Encontros organizados pelo grupo.

"A presença do Procênio é a grande novidade. É um grupo amador que tem percorrido o Brasil. Tem corrido tão bem que também já passou pela Venezuela e por Espanha. Agora vem fazer uma temporada a Portugal".

Procênio traz na bagagem um conjunto de histórias criadas a partir da literatura de cordel brasileira.

"Ainda hoje é um género de literatura bastante frequente no Brasil. Eles pegaram nessas histórias e criaram quatro peças sobre as tradições, a seca, a fome, histórias típicas de São Paulo e do Brasil", explica Humberto Pinto.

Uma peça do TAP e outra do grupo Ajidanha, de Idanha-a-Nova, completam o programa dos Encontros de Teatro de 2016, "espaço de partilha com grupos de teatro com quem existe alguma relação e também de partilha com o público, mostrando o que de bom se faz".

Pelo palco do Teatro-Cine de Pombal passa no dia 08 de janeiro, às 21:30, "Cordel", do Procênio.

Dia 09 de janeiro, às 21:30, o Ajidanha apresenta "Opus", uma encenação de José Carlos Garcia sobre a criação do mundo.

A terminar os Encontros, o TAP leva à cena, dia 10 de janeiro, às 16:00, "As viagens de Gulliver", uma adaptação livre da história de Jonathan Swift, para famílias.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.