Hillary Clinton divulga equipa de transição em caso de vitória nas presidenciais

Hillary Clinton divulga equipa de transição em caso de vitória nas presidenciais

 

LUSA/AO online   Internacional   16 de Ago de 2016, 17:45

A candidata democrata à Casa Branca, Hillary Clinton, divulgou hoje a equipa que irá preparar o período de transição com a administração norte-americana cessante de Barack Obama, em caso de vitória nas eleições presidenciais de novembro

A nomeação de uma equipa de transição é um passo previsto no processo eleitoral norte-americano e tem como objetivo preparar a passagem de pastas e de dossiês, processo que decorre nas semanas antes da cerimónia de posse do novo Presidente eleito, agendada para janeiro.

Desde 2010, a administração federal dispõe de fundos para financiar as equipas de cada candidato, mesmo antes das eleições de novembro. Por exemplo, estas equipas passam a ter acesso aos edifícios federais em Washington.

Com a nomeação deste grupo de transição, a equipa de campanha de Hillary Clinton passa a estar unicamente concentrada na eleição da candidata democrata, segundo fontes próximas da ex-secretária de Estado.

“Quando Hillary Clinton entrar na história como a primeira mulher Presidente do país, queremos ter tudo organizado para que ela esteja operacional desde o primeiro dia”, afirmou Ken Salazar, o antigo secretário do Interior de Barack Obama que foi nomeado presidente da equipa de transição de Hillary Clinton.

Tom Donilon, antigo conselheiro para a área da segurança nacional de Obama, e Neera Tanden, outra conselheira da administração Obama e atual diretora do centro de reflexão do Centro de Progresso Americano (considerada muito próxima de Hillary Clinton), são outros dos nomes que compõem a equipa de transição da candidata do Partido Democrata.

A equipa de transição é criada como uma associação sem fins lucrativos.

Do lado republicano, o candidato Donald Trump escolheu, em maio passado, o governador do estado de New Jersey e ex-candidato às primárias presidenciais republicanas Chris Christie para liderar a sua equipa de transição.

As eleições presidenciais nos Estados Unidos estão agendadas para 08 de novembro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.