Gulbenkian quer encontrar os melhores jovens leitores em voz alta do Porto

Gulbenkian quer encontrar os melhores jovens leitores em voz alta do Porto

 

Lusa / AO online   Nacional   24 de Out de 2015, 11:16

A Fundação Calouste Gulbenkian tem a decorrer até à próxima sexta-feira o segundo concurso "Dá Voz à Letra", que quer distinguir os melhores leitores em voz alta entre 13 e 17 anos da Área Metropolitana do Porto.

 

Em conjunto com a Porto Editora e com a Câmara Municipal do Porto, as candidaturas ao Dá Voz à Letra são feitas através do envio no site http://davozaletra.gulbenkian.pt de uma gravação em vídeo, com limite de três minutos, na qual é feita a leitura do texto escolhido.

O vencedor do concurso recebe uma viagem a Londres, enquanto o segundo e terceiro classificados ganham um iPad com livros eletrónicos.

"A leitura é um trampolim para o vasto mundo, uma prática que ajuda a desenvolver capacidades e personalidade. E, se a leitura solitária pode ser um prazer único, ler em voz alta eleva este prazer a um outro nível", pode ler-se no comunicado da iniciativa.

A página do concurso realça: "Se quiseres, se estiveres para aí virado(a), encontras tudo nos livros: ação, aventura, amor, desafios, emoções, ensinamentos, tudo o que possas imaginar e desejar. A leitura é um trampolim para o vasto mundo, uma prática que ajuda a desenvolver as tuas capacidades, a tua personalidade, o teu carisma. E se a leitura solitária pode ser um prazer único, quando passas a ler em voz alta, esse mesmo prazer eleva-se a um outro nível".

Na segunda fase do concurso vão ser apurados os 20 semifinalistas (a 18 de novembro), antes da seleção dos 10 finalistas (no dia 05 de dezembro), dos quais sairão os três prémios, a serem entregues num espetáculo no dia 13 de fevereiro de 2016.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.