Grupo de 'designers' faz formação nos Açores para dar visibilidade à migração

Grupo de 'designers' faz formação nos Açores para dar visibilidade à migração

 

Lusa/AO online   Cultura e Social   8 de Set de 2014, 14:29

Um grupo de 'designers' composto maioritariamente por imigrantes argentinas, denominado "Migrantas", organiza em outubro, pela primeira vez nos Açores, duas ações de formação para dar mais visibilidade pública ao fenómeno da migração

A organização revelou hoje, numa nota de imprensa, que as ações de formação vão decorrer a 16 de outubro, em Ponta Delgada, ilha de São Miguel, e são destinadas a quaisquer cidadãos estrangeiros residentes nos Açores, maiores de 16 anos, não sendo necessário ter qualquer competência artística.

O objetivo da iniciativa, que já ocorreu em várias cidades da Alemanha, Argentina, Áustria, Espanha, entre outras, é dar mais visibilidade, no espaço urbano, às reflexões e sentimentos vinculados a quem opta por viver num novo país.

No concelho de Ponta Delgada vivem imigrantes de mais de 60 nacionalidades, representando cerca de 36% do total da população estrangeira residente nos Açores, que totaliza mais de 3.600 pessoas.

À semelhança de outras formações, as “Migrantas” pretendem que o evento nos Açores reúna “migrantes de diferentes origens” para promover a discussão e o debate sobre as respetivas experiências, que serão depois expressas em desenhos simples e transformados em pictogramas pelas ‘designers’.

Segundo a organização, os pictogramas são “a linguagem visual do mundo globalizado” e permitirão que mensagens pessoais, anónimas e universais possam ser facilmente compreendidas, ultrapassando barreiras linguísticas e códigos culturais.

O resultado das ações de formação será, posteriormente, afixado em espaços publicitários das ilhas de S. Miguel, Terceira e Faial, estando ainda prevista a realização de uma exposição na aeroporto de Ponta Delgada, a partir de 23 de outubro, distribuição de postais e impressão de sacos de compras.

As inscrições para a formação podem ser realizadas para o email “mala.cooperativa@gmail.com”, na sede da Associação de Imigrantes nos Açores ou na Cresaçor.

O projeto “Migrantas nos Açores”, que conta com vários patrocinadores, é promovido pelas Direções Regionais das Comunidade e Juventude, estando a organização a cargo da Cooperativa Cultural Mala.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.