Grande retrospectiva de Frida Kahlo abre portas ao público em Berlim


 

Lusa / AO online   Internacional   29 de Abr de 2010, 18:50

O Martin Gropius Bau, um dos principais museus de Berlim, apresenta a partir de sexta-feira a maior retrospectiva na Europa de Frida Kahlo, com 150 quadros e desenhos da pintora surrealista mexicana.
A exposição, que já está a ser considerada um dos grandes acontecimentos culturais do ano na capital alemã, destina-se a mostrar, de 30 de abril a 9 de Agosto, a faceta social, política e íntima da artista, que nasceu em 1907 e faleceu em 1954, e é considerada um dos grandes vultos da arte latino-americana da primeira metade do Século XX.

“A obra de Frida Kahlo é muito mais complexa do que se pensava há alguns anos, e tem agora um valor diferente, quer no México, nos Estados Unidos ou na Europa”, disse na conferência de imprensa de apresentação da mostra na capital alemã a sobrinha-neta da artista, a fotógrafa Cristina Kahlo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.