Solidariedade Social

Governo regional reforça abono de família

Governo regional reforça abono de família

 

AO online   Regional   28 de Out de 2010, 18:07

A secretária Regional do Trabalho e Solidariedade Social anunciou esta quinta-feira que na sequência das medidas de austeridade anunciadas pelo Governo da República, que vão levar a que algumas famílias vejam o seu Rendimento Social de Inserção (RSI) diminuído, o Executivo Regional vai reforçar outros apoios aos agregados mais carenciados.
“O Governo está a reforçar as suas medidas sociais, o abono de família, que essas famílias também recebem e vão continuar a receber, e a reforçar os apoios à habitação e noutras áreas, para ver se conseguimos minimizar esses factores”, revelou Ana Paula Marques, que falava aos jornalistas depois de ter sido ouvida pela Comissão Eventual da Assembleia Legislativa Regional.

 A Secretária regional explica que ”vamos redistribuir o dinheiro que tínhamos investido no abono de família, e que é significativo: este ano foi superior a dois milhões de euros”, e justifica que apesar da quantia ser dividida por muitas pessoas, que para elas essa é uma medida que representa uma diferença expressiva.

 Na Região, actualmente o número de beneficiários do RSI é de cerca de 20 mil, o que se traduz em cerca de 5.900 mil agregados, o que representa um custo de cerca de 19 milhões de euros.

No entanto, a previsão é para que exista uma redução, a partir de Janeiro, de cerca de 20%.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.