Governo Regional quer apostar na formação e qualificação do Turismo

Governo Regional quer apostar na formação e qualificação do Turismo

 

Lusa/Açoriano Oriental   Regional   21 de Fev de 2017, 14:18

A secretária da Energia, Turismo e Ambiente dos Açores, Marta Guerreiro, anunciou que uma das prioridades do executivo regional para este ano será a formação e qualificação do setor do Turismo na região.

 

"Formação que visa não só quem está a fazer o seu percurso de formação inicial, quem já se encontra no mercado de trabalho, mas também quem pretende encontrar no Turismo um setor profissional novo", explicou Marta Guerreiro.

A governante falava aos jornalistas na sede do parlamento dos Açores, na Horta, ilha do Faial, após uma reunião com a Comissão de Economia, no âmbito das audições aos membros do Governo Regional sobre as propostas de Plano e Orçamento para 2017.

A titular da pasta do Turismo adiantou que o objetivo é, também, continuar a apostar na promoção dos mercados, definidos no Plano Estratégico do Turismo dos Açores, uma ferramenta que entrou em vigor o ano passado e define os mercados e os produtos de cada uma das ilhas.

"Temos também um investimento importante nos produtos de bem-estar", sublinhou a secretária regional, referindo-se em especial ao termalismo, área que será alvo de uma maior atenção ao longo desta legislatura.

No setor da Energia, Marta Guerreiro destacou o projeto da "mobilidade elétrica" que o Governo Regional pretende implementar em parceria com diferentes operadores.

"Temos nos Açores as condições ideais para desenvolver este projeto", considerou a governante, assinalando que "as autonomias dos veículos são cada vez maiores e adequam-se perfeitamente às distâncias” percorridas pelos cidadãos.

Segundo explicou, está a ser definida, em parceria com o Poder Local e com empresas do setor (inclusive os concessionários automóveis), a estratégia que o governo açoriano irá implementar.

Em relação à área do Ambiente, a secretária regional sublinhou os projetos, "muito deles de continuidade", em matéria de preservação dos espaços naturais.

"O Turismo que nós pretendemos não se fará se não conseguirmos preservar aquilo que temos de melhor para oferecer nesta área", advertiu Marta Guerreiro, cujo departamento governamental reserva cerca de 50 milhões de euros para investimentos nestas áreas ao longo deste ano.

Já o Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, Berto Messias, destacou o investimento na criação de um novo programa de apoio à comunicação social privada na região.

"O Promedia III já terminou e temos estado a fazer uma auscultação junto das empresas dos Açores no sentido de saber quais são as suas necessidades e preocupações, de que forma o programa teve ou não impacto positivo na sua atividade, e a fazer um balanço da formo como foram concedidos esses apoios", explicou Berto Messias.

Ouvido na Comissão de Assuntos Parlamentares, Ambiente e Trabalho, o responsável esclareceu que o novo programa deverá incluir aspetos como o apoio à modernização tecnológica e à difusão, assim como introduzir mecanismos que valorizem a produção própria dessas empresas.

"Estamos a construir um programa novo para o qual reservamos cerca de meio milhão de euros e contamos dentro de muito pouco tempo ter o diploma pronto", concluiu Berto Messias, que tutela também a área da Juventude.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.