Afeganistão

Governo japonês anuncia libertação de jornalista raptado em Abril


 

Lusa/AO online   Internacional   6 de Set de 2010, 10:08

Um jornalista japonês, raptado há cerca de cinco meses, foi libertado pelos captores afegãos e já deixou o país, anunciou o ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão.
Kosuke Tsuneoka, 41 anos, jornalista “freelance” veterano em palcos de guerra, foi raptado a 1 de Abril e libertado no sábado à noite. Está ileso, embora cansado, disse o ministro, em comunicado.

“Obrigado a todos os que se preocuparam comigo e trabalharam para a minha libertação”, escreveu Tsuneoka, esta segunda-feira de manhã, no seu blogue.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.