Governo garante "absoluta tranquilidade" no arranque das aulas

Governo garante "absoluta tranquilidade" no arranque das aulas

 

Lusa/AO online   Regional   13 de Set de 2017, 15:22

O presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, afirmou que o novo ano letivo arrancou na região "com absoluta tranquilidade" e anunciou novas medidas no âmbito do plano integrado de promoção do sucesso escolar (ProSucesso).


"A primeira ideia que queria partilhar (...) é a de tranquilidade num conjunto de processos e procedimentos que foram lançados e alterados e que, pese embora isso, permitiram que este ano letivo comece na região com absoluta tranquilidade", afirmou Vasco Cordeiro.

O chefe do executivo açoriano falava na escola básica integrada de Ponta Garça, no concelho de Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel, na sessão que assinalou a abertura do novo ano letivo.

De acordo com o presidente do Governo Regional, as aulas iniciaram em mais de 160 escolas, com mais de 43.500 alunos, cerca de cinco mil docentes e perto de três mil elementos afetos ao pessoal não docente.

No seu discurso, Vasco Cordeiro destacou a colocação de professores "a tempo e a horas", o reforço dos recursos humanos, incluindo técnicos superiores na área da psicologia, da terapia da fala, da educação especial, entre outros, e "o alargamento desde o 1.º ciclo até ao 12.º ano do sistema de empréstimo de manuais escolares em todas as escolas da região".

O presidente do Governo dos Açores sublinhou ainda "a importância política e estratégica" que a questão da educação tem para o seu executivo, reforçando a necessidade de esta, assim como do sucesso escolar serem considerados por toda a comunidade como "um desígnio regional".

Salientando a importância do progrma ProSucesso, que "aposta na área da qualidade da aprendizagem, do desenvolvimento profissional dos docentes e no envolvimento da comunidade com a escola e com a educação", Vasco Cordeiro avançou com novas medidas neste âmbito.

"O projeto dos professores qualificados na resolução de dificuldades na aprendizagem é um bom exemplo na área da Matemática no 1.º ciclo e é por ser um bom exemplo que vamos alargar este projeto ao 2.º ciclo, incluindo também a disciplina de Português e abrangendo 12 escolas a título experimental", adiantou.

No âmbito do segundo projeto, "Apoio mais - retenção zero", iniciado no ano letivo de 2015/2016, que também incluiu a escola de Ponta Garça, vai abranger ainda mais anos de escolaridade neste estabelecimento.

Um terceiro projeto no âmbito do ProSucesso, de intervenção na comunidade que, em 2016/2017 incluiu três escolas do concelho da Lagoa com registo de uma diminuição acentuada do número de retenções, vai ser alargado a dois estabelecimentos de Vila Franca do Campo, num universo de 1.730 alunos, mais de 200 professores e diversas parcerias.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.