Governo dos Açores vai investir 41 ME no porto de Ponta Delgada

Governo dos Açores vai investir 41 ME no porto de Ponta Delgada

 

Lusa/AO Online   Regional   26 de Fev de 2016, 17:43

O secretário regional do Turismo e Transportes dos Açores, Vítor Fraga, anunciou hoje um investimento de 41 milhões de euros no porto de Ponta Delgada que será feito recorrendo a financiamento comunitário.

 

“O Governo já tinha previsto um investimento no porto de Ponta Delgada com duas grandes intervenções, a proteção do molhe e o reperfilamento do cais. Com os temporais de dezembro, há uma necessidade de intensificar esse investimento, porque houve danos que foram provocados”, afirmou aos jornalistas Vítor Fraga, esclarecendo que “o montante do investimento aproxima-se dos 41 milhões de euros”.

Segundo o governante, os objetivos da obra visam “a requalificação e a modernização da infraestrutura, permitindo uma maior eficiência em toda a sua operação”.

“Estamos numa fase de reavaliação de todos os projetos, alguns estavam concluídos tiveram que ser reapreciados e estão nessa fase de serem feitos novamente, adaptados para a nova realidade que foi causada pelas intempéries. Assim que esses projetos estejam concluídos iremos desenvolver o processo concursal normal”, disse Vítor Fraga, indicando uma data para o início das obras.

Questionado se há garantia de algum apoio por parte do Executivo de Lisboa para a obra, o governante declarou que, “na devida altura em que essas questões se colocarem, haverá resposta”.

“É muito significativo a parte do investimento que tem a ver com o mau tempo. As duas intervenções que estavam inicialmente previstas rondavam cerca dos nove milhões de euros. Estamos agora a falar de um investimento que rondará os 41 milhões de euros”, reafirmou.

A 14 de dezembro, o presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, afirmou que a cabeça do molhe do porto de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, foi danificada devido ao mau tempo.

No mês seguinte, Vasco Cordeiro, informou, após uma audiência com o primeiro-ministro, António Costa, que o mau tempo que atingiu o arquipélago dos Açores em dezembro causou prejuízos na ordem dos 65 milhões de euros, 50 milhões dos quais nos portos.

“O Governo Regional estimou em 15 milhões de euros os danos causados pelo mau tempo, excluindo portos. [Ao nível dos] portos, a nossa estimativa é que esse prejuízo se aproxime dos 50 milhões de euros, que só a componente de portos se aproxime desse montante”, declarou na ocasião o governante.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.