Governo dos Açores investe na melhoria da operacionalidade do porto de Santa Cruz das Flores


 

Lusa/AO Online   Economia   18 de Set de 2014, 06:38

O Governo dos Açores deu hoje indicações à empresa Portos dos Açores para proceder ao lançamento de uma empreitada que visa melhorar a operacionalidade do porto de Santa Cruz das Flores.

A revelação foi feita na sequência da reunião do Conselho do Governo, que assinala o fim de uma visita oficial do executivo açoriano, de dois dias à ilha das Flores, compreendendo ainda a decisão a intenção de avançar com a instalação de uma grua naquela infraestrutura portuária.

O executivo açoriano deliberou, por outro lado, “reforçar as políticas de habitação” na ilha das Flores, procedendo à abertura de candidaturas para a atribuição de doze lotes infraestruturados no lugar da Terça, concelho de Santa Cruz das Flores, por ajuste direto.

O comunicado do Conselho do Governo frisa que o valor da venda do lote pode vir a beneficiar de uma bonificação até 95% do valor real, sendo consideradas as caraterísticas sociais e económicas para o efeito.

O Governo dos Açores disponibilizou uma verba máxima de um milhão e 750 mil euros, ao abrigo de um contrato de cooperação que visa proceder à remodelação e ampliação do lar de idosos da Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz das Flores.

A Santa Casa irá ainda receber um apoio financeiro de 22 mil euros para a sua atividade como entidade gestora do Núcleo de Atendimento e Apoio às Vítimas de Violência Doméstica.

O Conselho do Governo também deliberou que a partir do dia 1 de outubro vai iniciar na ilha das Flores o alargamento a toda a região da prestação de serviços da Segurança Social nas lojas e centros de contactos da RIAC-Rede Integrada de Apoio ao Cidadão.

No setor da Saúde, o Governo dos Açores resolveu adquirir uma cadeira de medicina dentária para o posto de saúde das Lajes das Flores, bem como alargar os serviços de fisioterapia e de colheita de sangue na mesma unidade, e ainda os serviços de fisioterapia e de colheita de sangue para análises.

O Conselho do Governo decidiu, por outro lado, elaborar o projeto para a execução da obra de beneficiação do caminho florestal da Fonte do Frade/Caldeira da Lomba, numa extensão de 1840 metros, incluindo-se a pavimentação e melhoria da rede de drenagem.

A cooperativa Ocidental, ainda de acordo com o Conselho do Governo, vai beneficiar de mais medidas de apoio como o reforço técnico nas áreas de gestão, processo de fabrico e comercialização dos produtos, bem como de ações de formação destinadas aos associados.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.