Governo dos Açores espera "relacionamento impecável" com Marcelo

Governo dos Açores espera "relacionamento impecável" com Marcelo

 

Lusa/AO Online   Regional   28 de Jan de 2016, 05:17

O presidente do Governo Regional dos Açores afirmou hoje esperar um "relacionamento impecável" com o futuro chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, a quem vai solicitar uma audiência de cumprimentos após a tomada de posse.

 

"Naquilo que depender de nós, como é nossa convicção e nossa obrigação, esse relacionamento terá todas as condições para ser impecável", afirmou à Lusa Vasco Cordeiro, acrescentando que "da parte do Governo dos Açores há todas as condições" para tal.

Marcelo Rebelo de Sousa foi eleito no domingo Presidente da República com 52% dos votos, uma percentagem acima dos 50,5% conseguidos na primeira eleição pelo seu antecessor, Cavaco Silva, em 2006.

O ex-líder do PSD e comentador político tornou-se no quinto Presidente da República portuguesa desde o 25 de Abril de 1974, numas eleições em que se registou uma abstenção de 51%.

Para Vasco Cordeiro, é preciso agora deixar Marcelo Rebelo de Sousa tomar posse e depois haverá, certamente, oportunidade para concretizar a abordagem e visão que o chefe de Estado poderá ter em relação a um conjunto de matérias que interessam aos Açores, sem precisar.

"Não tenho razão nenhuma para pôr em causa que essa será uma boa relação e naquilo que depender do Governo Regional dos Açores tudo faremos para que assim seja", sustentou Vasco Cordeiro, também presidente do PS/Açores que, no decurso da campanha, declarou apoio ao candidato Sampaio da Nóvoa.

Questionado se o PS sai derrotado destas eleições por não terem apoiado formalmente nenhum candidato, Vasco Cordeiro responde apenas que "o Presidente da República eleito de Portugal é o professor doutor Marcelo Rebelo de Sousa e isso diz tudo".

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.