Governo dos Açores aposta na integração das comunidades migrantes

Governo dos Açores aposta na integração das comunidades migrantes

 

Ana Carvalho Melo   Regional   17 de Dez de 2012, 14:54

O Governo dos Açores pretende incrementar a proximidade com as comunidades migrantes residentes no arquipélago e com as comunidades açorianas espalhadas pelo mundo, afirmou o diretor regional das Comunidades na cerimónia que assinalou o Dia Internacional dos Migrantes.

“É nosso desígnio promover um trabalho de proximidade com todas as comunidades açorianas, com as mais de 80 nacionalidades diferentes residentes nos Açores, bem como colher da experiência migratória dos regressados bases para uma melhor e mais ampla política de integração", disse Paulo Teves, que falava no domingo nesta cerimónia realizada em Santa Cruz da Graciosa, de acordo com nota do GACS.

 

O diretor regional assegurou que "encontrarão no Governo dos Açores um parceiro estratégico na integração e preservação da identidade cultural de todos, independentemente de onde vêm e onde estejam”.

 

De igual modo, salientou a história emigratória dos Açores como fundamental para a integração dos imigrantes na Região, na medida em que o conhecimento, por parte dos açorianos, do projeto emigratório contribui para uma boa integração dos imigrantes nas nove ilhas.

 

O Governo dos Açores tem, nos últimos anos, colocado o fenómeno migratório na agenda política e pública em prol da importância que as comunidades emigradas, imigradas e regressadas representam na Região.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.