Governo checo aprova envio de mais 55 militares para o Afeganistão


 

Lusa / AO online   Internacional   1 de Fev de 2010, 16:55

O governo checo aprovou esta segunda-feira o destacamento de mais 55 militares para o Afeganistão, disse o porta-voz do ministro da Defesa, Jan Pejsek.
O plano, que precisa da aprovação do Parlamento, não conta com o apoio dos partidos da esquerda, incluindo os sociais-democratas.

O presidente dos sociais-democratas, Jiri Parubek, disse hoje ser inaceitável qualquer aumento do número de tropas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.