Conjuntura

Futuro do euro em dúvida se existirem novas crises da dívida


 

Lusa / AO online   Economia   22 de Fev de 2010, 10:14

O investidor George Soros advertiu esta segunda-feira para os riscos de o euro se desintegrar caso os países da Zona Euro não alterem a maneira como irão enfrentar as futuras crises da dívida, escreve esta segunda-feira o Financial Times.
O 'crash' financeiro de 2008 "revelou a falha" na maneira como foi criado o euro, garantiu George Soros, adiantando: "Se os países membros não poderem levar por diante as próximas etapas, o euro poderá vir a desintegrar-se".

George Soros considerou "manifestamente errada" a forma como o euro foi constituído, alegando a necessidade de que uma moeda "totalmente operacional" requer, em simultâneo, um banco central e um organismo como o Tesouro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.