Futebol foi o desporto com mais testes antidoping em 2013


 

Lusa/AO online   Futebol   15 de Set de 2014, 18:52

O futebol foi o desporto mais controlado em 2013, com um total de 28.002 testes antidoping, e a UEFA foi a entidade regional que efetuou mais controlos, anunciou a organização que tutela o futebol europeu.

 

A UEFA divulgou hoje o relatório da Agência Mundial Antidopagem (AMA), que indica que, em 2013, foram efetuados 269.878 controlos a nível mundial, dos quais 1.932 foram da autoria da própria organização europeia.

De acordo com os dados, compilados pela agência EFE, apenas quatro federações desportivas internacionais fizeram um maior número de controlos.

Dos testes realizados pela UEFA em 2013, 1.846 foram análises à urina (1.373 em competição e 473 fora dela) e 86 de sangre (36 em competição, 50 fora), além das análises adicionais ao despiste de EPO (616), de esteróides (39) e de hormona de crescimento humano (10).

A UEFA destacou também que o futebol está entre os desportos com a taxa mais baixa de positivos (0,48%) e que, no ano passado, só houve um resultado adverso (0,16%), por cocaína, correspondente a um jogador de futsal, suspenso por 18 meses.

Segundo os dados, a UEFA recolheu 1.698 amostras (1.360 de urina e 338 de sangue) na Liga dos Campeões e na Liga Europa, sem que se registasse qualquer positivo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.