Comércio

Furtos no retalho em Portugal totalizam 383 milhões de euros

Furtos no retalho em Portugal totalizam 383 milhões de euros

 

Lusa/AO online   Economia   19 de Out de 2010, 15:46

Os custos de crime no retalho em Portugal atingiram em 2010 os 383 milhões de euros, menos 1,6 por cento que em 2009, segundo um estudo revelado esta terça-feira pelo Barómetro Global do Furto no Retalho.
O estudo, patrocinado pelo Checkpoint Systems, pretendeu monitorizar os custos da perda desconhecida (resultante de furto/crimes cometidos por empregados e erros administrativos) na indústria do retalho, entre Julho de 2009 e Junho de 2010.

De acordo com o estudo, Portugal foi o sexto país da Europa com um índice de taxa de perda desconhecida mais baixa, ao atingir um valor de 383 milhões de euros.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.