Fundação Joana Vasconcelos faz protocolo para jovens de Macau estudarem em Lisboa


 

Lusa/AO Online   Nacional   9 de Mar de 2015, 15:56

A Fundação Joana Vasconcelos e a Casa de Portugal em Macau vão assinar esta semana um protocolo, para jovens locais poderem ter acesso a bolsas de estudo ou realizarem estágios no ateliê da artista, em Lisboa.

 

“Vamos fazer um protocolo para poder criar essa ligação com Macau e com os jovens que eventualmente queiram vir até Lisboa estagiar no nosso ateliê, ou precisem de uma bolsa de estudo para ir para Portugal estudar [arte contemporânea], ou mesmo ter experiências de trabalho temporário”, afirmou Joana Vasconcelos.

A artista plástica portuguesa está em Macau, onde, no fim de semana, vai inaugurar uma nova peça da série “Valquíria”, no casino MGM.

A ideia do protocolo, sublinhou, “é abrir as portas para que Macau não seja só um local de passagem” e passe a ser um território com o qual o seu ateliê “continue a trabalhar”.

Criada em 2013, a Fundação Joana Vasconcelos já estabeleceu protocolos do género com galerias e outras instituições de ensino superior em Portugal, como a Universidade de Évora ou o ARCO - Centro de Arte e Comunicação Visual, escola por onde passou a artista, mas este é o primeiro celebrado no estrageiro.

“A Fundação Joana Vasconcelos tem um cariz humanitário e um cariz ligado às artes plásticas. Uma das funções da fundação é exatamente criar uma relação multicultural e uma relação em que potencia a arte contemporânea”, explicou, ao adiantar que as atividades se estendem ao apoio de causas sociais, nomeadamente através do leilão de peças.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.