Solidariedade

Fundação do Gil precisa de mais voluntários em Ponta Delgada

Fundação do Gil precisa de mais voluntários em Ponta Delgada

 

Luísa Couto   Regional   6 de Out de 2010, 12:42

Em Ponta Delgada desde 2009, a Fundação do Gil lança o desafio a quem “gosta de contar histórias a crianças, ou de fazer música com elas, e ajudar as meninas e meninos que estão internados a evadirem-se por momentos da circunstância de estarem doentes” para tornar-se voluntário.
Em comunicado enviado à imprensa, a Fundação faz saber que “graças à generosidade de um fantástico batalhão de voluntários micaelenses, desde Agosto do ano passado que todas as quintas-feiras, pelas 14h30, se realiza o Dia do Gil no serviço de Pediatria do Hospital do Divino Espírito Santo – o 28º núcleo onde a Fundação esta presente”.

 “Mas precisamos de mais voluntários”, ressalva. Nesse sentido, vão ter lugar novas acções de formação a decorrer no fim-de-semana de 13 e 14 de Novembro, no Teatro Micaelense, de manhã ao fim da tarde.

Para o efeito, uma equipa de responsáveis da Fundação do Gil vai deslocar-se de novo a Ponta Delgada, para reunir os voluntários que há um ano garantem o Dia do Gil, e ajudar a formar novos voluntários para a Hora do Conto e para a Hora da Música.

Recorde-se que a primeira face visível da Fundação foi a Hora do Conto, em 2001, quando uma vez por mês contadores de histórias iam aos serviços de Pediatria de seis hospitais.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.