Francisco Assis acusa oposição de "insensibilidade"


 

Lusa / AO online   Nacional   4 de Fev de 2010, 11:24

Francisco Assis acusou esta quinta-feira a oposição de “insensibilidade” ao apelo do Conselho de Estado ao chumbar o adiamento da votação da Lei das Finanças Regionais, referindo que a sua bancada estaria disponível “para prosseguir um esforço negocial sério”.
Em declarações aos jornalistas no final da reunião semanal da bancada do PS, Assis estabeleceu uma relação entre a mensagem emitida pelo Conselho de Estado e a Lei das Finanças Regionais e considerou que a reunião convocada pelo presidente da República “introduziu um novo dado”.

No final da reunião de quarta-feira, que durou quase cinco horas, o Conselho fez “votos para que predomine na Assembleia da República o espírito de compromisso e de diálogo paciente e frutuoso que permita ao país enfrentar os desafios estruturais que tem à sua frente".

“Eu quero aproveitar para lamentar o que se está a passar na comissão de Orçamento e Finanças, o PS apresentou uma proposta para uma vez mais adiarmos a discussão, porque ontem mesmo foi feito um apelo por parte do Conselho de Estado, no sentido de haver ponderação e rigor na avaliação deste processo”, afirmou o líder parlamentar do PS.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.