Fotógrafo diz que arquipélago dos Açores é "laboratório vivo" para imagens

Fotógrafo diz que arquipélago dos Açores é "laboratório vivo" para imagens

 

LUSA/AO online   Regional   27 de Ago de 2015, 18:43

Os Açores dispõem de condições naturais únicas que fazem do arquipélago um "laboratório vivo" para fotografar, afirmou o fotógrafo José Franco, da organização do I Encontro Regional de Fotografia, que decorre este fim-de-semana em São Miguel

"Temos uma variedade enorme, uma diversidade incrível de paisagens entre as ilhas, sem ter que fazer muitos quilómetros. Depois há também uma outra coisa fantástica nas nossas ilhas: a luz. Isto é uma oportunidade única", afirmou.

José Franco, um dos fundadores da Associação de Fotógrafos Amadores dos Açores, adiantou que o I Encontro Regional de Fotografia pretende "reunir fotógrafos das mais variadas tendências, fomentando a partilha de experiencias" e conta já com "50 fotógrafos inscritos de cinco ilhas" açorianas.

O encontro inicia-se pela manhã de sábado com um trilho “Janela do Inferno”, o primeiro homologado do concelho da Lagoa, em São Miguel, denominado Rota da Água, a que se segue um almoço churrasco no parque da Macela e integra ainda uma palestra sobre o tema "Quem faz fotografia arrisca a mudar o mundo. Na pior das hipótese muda o seu próprio mundo".

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.