Forte de São Brás representado no Brasil em encontro académico


 

Francisco Cunha   Regional   21 de Mar de 2010, 15:00

Uma série de fortalezas dos Açores estará representada num seminário universitário a decorrer no Brasil, de 31 de Março a 2 de Abril, dedicado a este tipo de construções militares e que reúne edificações de origem brasileira e uruguaia.

Intitulado “6º Seminário Regional de Cidades Fortificadas”, o encontro é uma iniciativa da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), no âmbito do Projecto Fortalezas.

Esta iniciativa académica surgiu para restaurar e preservar as fortificações construídas pelos portugueses no século XVIII na região, que possui uma forte presença cultural açoriana devido à emigração, como as festas do Divino Espírito Santo, por exemplo.

A representação do forte de São Brás estará a cargo do tenente Sérgio Rezendes, do Museu Militar dos Açores.

“O convite surgiu por intermédio de contactos que desenvolvi na diáspora portuguesa, em busca de respostas a investigações que estou a executar a médio e longo prazo”, explica.

O historiador fará duas participações ao longo dos três dias de colóquio: “a primeira será sobre o caso da fortificação açoriana e as suas particularidades. A segunda abordará em específico o forte de São Brás e o Museu Militar dos Açores, enquanto instituição de carácter cultural sediada numa casa-museu”.

Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Domingo,
Dia 21 de Março de 2010


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.