Florista vê serem roubados mais de 100 cedros num ano

Carregando o video...

 

Francisco Cunha   Regional   16 de Jun de 2010, 17:21

A Quinta das Estrelícias, um conjunto de estufas dedicado à produção de flores nos Arrifes, foi  assaltada três vezes no último ano, a última destas na passada segunda-feira, e os ladrões levaram  sempre as mesmas plantas: cedros de limão.
Desta vez, os ladrões levaram um total de 34 cedros de limão e ainda 139 begónias, a par de outras plantas e flores num prejuízo total que, desta vez ronda os 900 euros de acordo com o proprietário. A par dos cedros de limão, os assaltantes também levaram consigo da última vez 40 lâmpadas de baixo consumo.

O proprietário da exploração, Hans Georg Schöbel, conta que  “só cada cedro de limão roubado custa 6 euros e meio. Estou a ter muitas perdas”, confessou.



Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Quarta-Feira, Dia 16 de Junho de 2010

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.