Explosão em mina de carvão em Henan mata 20 e deixa mais de 30 bloqueados

Explosão em mina de carvão em Henan mata 20 e deixa mais de 30 bloqueados

 

Lusa/AO Online   Internacional   16 de Out de 2010, 09:37

 As autoridades chinesas anunciaram hoje que a explosão numa mina da província de Henan, no centro do país, matou 20 pessoas e deixou outras 17 retidas no interior do complexo.

Inicialmente, as notícias da imprensa oficial davam conta de 20 mortos e mais de 30 pessoas bloqueadas no interior da mina.

As autoridades desconhecem ainda a que distância estão os mineiros que ficaram bloqueados na mina, propriedade da empresa Pingyu Coal & Electric Co. Ltd.

Um responsável do departamento de segurança de minas, citado pela agência AP, disse telefonicamente desconhecer as causas da explosão que aconteceu às 06:00 locais (23:00 de sexta feira em Lisboa) numa mina situada a duas horas da capital da província, a cidade de Zhengzhou.

Mais de 2600 pessoas morreram em 2009 em consequência de acidentes em minas na China, consideradas as mais perigosas do mundo.

O Diário do Povo revelava na quinta-feira que as autoridades chinesas tinham encerrado este ano mais de 1600 minas de carvão de pequena dimensão ou ilegais, num esforço para melhorar os níveis de segurança.

Os acidentes mortais em minas chinesas estavam a diminuir nos últimos anos com o encerramento de muitas minas ilegais, mas as mortes voltaram a subir no primeiro semestre deste ano.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.