Exploração do fundo do mar deve ter amplo debate nos Açores

Carregando o video...

 

Rui Jorge Cabral   Regional   21 de Jun de 2017, 19:27

Administrador da Fundação Oceano Azul apela à investigação e ao debate, antes da decisão política.

O biólogo e administrador da Fundação Oceano Azul, Emanuel Gonçalves, considera que é preciso ter uma  grande preocupação relativamente à exploração sustentável das riquezas minerais do fundo do mar e, no caso Açores, sugere que se promova o conhecimento científico e um amplo debate, antes de ser tomada qualquer decisão política a autorizar esta exploração.  


Emanuel Gonçalves foi esta tarde o orador da segunda conferência-almoço realizada pelo Açoriano Oriental este ano, com o tema “A importância dos Açores para a conservação dos Oceanos” e que se realizou no Hotel Açores Atlântico, em Ponta Delgada.*

 

*Leia a reportagem completa sobre esta conferência no jornal Açoriano Oriental de quinta-feira, 23 de junho de 2017.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.