ETA pode estar em Portugal há dois anos


 

Lusa / AO online   Internacional   11 de Fev de 2010, 10:35

A ETA pode estar em Portugal há dois anos já que um dos suspeitos que alegadamente ocupou a vivenda de Óbidos, Oier Gómez, está referenciado numa outra investigação de 2008, noticiou uma rádio espanhola citando diligências policiais.
Segundo a Cadena SER, tanto a polícia portuguesa como a Guarda Civil referem que Gómez foi o mesmo elemento da ETA que, em Agosto de 2008, alugou em Portugal um carro que posteriormente foi abandonado, com um engenho explosivo, na localidade de Salamanca (Espanha).

Gómez é um dos dois etarras procurados pelas autoridades portuguesas e espanholas desde a descoberta da casa de Óbidos onde estavam centenas de quilos de explosivos e extensa documentação, incluindo planos que apontavam para um eventual ataque contra um quartel da Guarda Civil na região de Cádiz, Andaluzia.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.