Estratégia de Desenvolvimento Sustentável aprovada para as 'Terras do Priolo'

Estratégia de Desenvolvimento Sustentável aprovada para as 'Terras do Priolo'

 

Lusa/AO online   Regional   18 de Out de 2011, 17:03

A criação de uma rede coerente de trilhos pedestres e a promoção das ‘Terras do Priolo’ como destino turístico são dois objetivos da Estratégica de Desenvolvimento Turístico Sustentável nos concelhos do Nordeste e Povoação, em S. Miguel, Açores

Esta estratégia foi aprovada durante o II Fórum da Carta Europeia de Turismo Sustentável nas Terras do Priolo, realizado no quadro do projeto LIFE-Laurissilva Sustentável, que decorreu no Nordeste com a presença de representantes de 12 empresas de turismo dos dois concelhos e das entidades parceiras.

Os participantes consideraram como principal prioridade a implementação de uma rede coerente de trilhos pedestres nos concelhos do Nordeste e da Povoação, destacando também a necessidade de as ‘Terras do Priolo’, que abrangem aqueles dois municípios, serem divulgadas como destino turístico integrado no destino Açores.

A formação de agentes turísticos e a diversificação de atividades para promover o conhecimento do território e da sua cultura foram outros objetivos definidos nesta estratégia, que também defende a recuperação de tradições locais, a criação de roteiros temáticos e a revitalização da gastronomia tradicional.

O desenvolvimento turístico sustentável daquela zona de S. Miguel deve ainda passar pela criação de um sistema eficaz de medição dos números e da satisfação dos turistas e pela melhoria dos transportes públicos entre Ponta Delgada e as ‘Terras do Priolo’.

Os participantes definiram ainda como prioridade a conservação das áreas protegidas, conciliando a promoção e a conservação do património natural como o seu usufruto pelas populações.

Na sequência da aprovação desta estratégica, vão ser elaboradas propostas para a definição de um plano de ação a ser implementado nos próximos cinco anos.

No âmbito do projeto LIFE-Laurissilva Sustentável, a Secretaria Regional do Ambiente apresentou a candidatura das ‘Terras do Priolo’ à Carta Europeia de Turismo Sustentável, uma ferramenta de gestão do turismo em áreas protegidas.

O projeto LIFE-Laurissilva Sustentável, financiado pela Comissão Europeia, visa a conservação e a recuperação dos habitats naturais de floresta de laurissilva e de turfeiras de altitude no nordeste de S. Miguel.

Esta zona da ilha é a única parte do mundo onde vive o priolo, uma pequena ave que se encontra em risco de extinção.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.