Estivadores prolongam greve até à vespera de Natal

Estivadores prolongam greve até à vespera de Natal

 

Lusa/AO online   Economia   4 de Dez de 2012, 08:38

O Sindicato dos Estivadores do Centro e Sul e o Sindicato dos Trabalhadores do Porto de Aveiro entregaram segunda-feira um novo pré-aviso de greve que vai prolongar a paralisação em curso até à véspera de Natal.

O pré-aviso abrange todo o trabalho portuário entre as 8:00 (hora de Lisboa) do dia 17 e as 8:00 do dia 24, com algumas exceções.

No porto de Lisboa, a paralisação será interrompida entre as 17:00 e as 20:00 e entre as 21:00 e as 24:00 dos dias úteis entre 17 e 21 de dezembro.

No porto de Setúbal, a interrupção será entre as 17:00 e as 20:00 e entre 21:00 e a 01:00 dos dias úteis entre 17 e 21.

Nos portos de Aveiro e Figueira da Foz, a greve será interrompida entre as 8:00 e as 12:00 e entre as 13:00 e as 17:00 dos dias úteis entre 17 e 21.

No porto de Sines a greve incidirá sobre o trabalho que "exceda os limites normais diários".

Na origem das sucessivas greves dos estivadores está o novo regime do trabalho portuário, que foi votado na generalidade pela Assembleia da República na passada quinta-feira.

Os trabalhadores não aceitam, nomeadamente, a restrição das funções consideradas como trabalho portuário, uma das alterações propostas no decreto-lei, porque temem perder postos de trabalho.

Atualmente o trabalho portuário inclui toda a área de jurisdição do porto. A proposta de lei em discussão prevê uma restrição das tarefas a realizar pelos estivadores, dado que o serviço nas portarias, nos armazéns e a condução de veículos pesados deixarão de ser considerados como trabalho portuário.

Segundo o ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, cada mês de greve nos portos tem um custo de 400 milhões.

Os estivadores dos portos de Lisboa, Setúbal, Aveiro e Figueira da Foz estão em greves sucessivas desde setembro, altura em que o Governo anunciou o acordo com 9 dos 11 sindicatos representativos dos trabalhadores portuários para a nova legislação.

O Sindicato dos Estivadores do Centro e Sul tem em vigor um pré-aviso de greve, que prolonga a paralisação nos quatro portos, até às 8:00 do dia 17 de dezembro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.