Estados Unidos podem fechar Guatanamo e transferir presos em segurança para as suas cadeias

Estados Unidos podem fechar Guatanamo e transferir presos em segurança para as suas cadeias

 

Lusa/AO online   Internacional   29 de Nov de 2012, 08:26

O polémico centro de detenção norte-americano de Guantanamo, em Cuba, pode ser encerrado e os 166 detidos que continuam no presídio transferidos com segurança para prisões nos Estados Unidos, indica um relatório do Governo.

Muitos dos detidos de Guatanamo são acusados pelos Estados Unidos de planearem atentados terroristas contra o país.

“O relatório demonstra que, se houver vontade política, podemos, finalmente, encerra a prisão de Guatanamo sem colocar em risco a segurança nacional”, afirmou a Senadora Democrata Dianne Feinstein, presidente do Comité de Informações do Senado que divulgou o relatório sobre Guatanamo na quarta-feira.

O documento mostra que as prisões norte-americanas em solo dos Estados Estados já albergam 373 prisioneiros condenados por terrorismo que estão distribuídos por 98 prisões.

O presidente Barack Obama ordenou o encerramento de Guatanamo em 2009 quando assumiu a presidência, mas o desejo foi bloqueado por uma lei Republicana que cortou os fundos para transferência de presos para os Estados Unidos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.