Equipamentos de diversão devem ter mais do que uma fiscalização anual

Equipamentos de diversão devem ter mais do que uma fiscalização anual

 

Lusa / AO online   Nacional   11 de Jan de 2010, 14:12

A DECO defendeu esta segunda-feira que a lei sobre os equipamentos de diversão em recintos itinerantes deve avançar no sentido de haver mais do que uma fiscalização anual, mas realçou que os proprietários não devem ser desresponsabilizados.
"Esta lei é importante e já trouxe algumas regras nesta área, mas era importante que avançasse no sentido de haver mais do que uma fiscalização anual, dependendo dos equipamentos", disse à Lusa o secretário-geral da associação de defesa do consumidor, Jorge Morgado.

A DECO continua a defender que a única forma de garantir por completo a segurança de quem utiliza estes espaços é que a cada instalação o equipamento seja fiscalizado, mas o responsável sublinha que isso não pode desresponsabilizar os proprietários.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.