Encontro de freguesias dos Açores junta mais de uma centena de autarcas em Santa Maria

Encontro de freguesias dos Açores junta mais de uma centena de autarcas em Santa Maria

 

AO/Lusa   Regional   7 de Mai de 2017, 13:29

O coordenador da delegação regional dos Açores da Anafre fez um "balanço muito positivo" do 4.º Encontro Regional das Freguesias dos Açores, destacando a participação de 122 autarcas no evento, que terminou sábado na ilha de Santa Maria.

 

"Quando nós decidimos descentralizar e programámos a vinda a Santa Maria, tivemos um bocadinho de receio porque os colegas podiam não comparecer e podia ser difícil de atingirmos um bom número como havia sendo habitual, mas o que aconteceu foi precisamente o contrário e ultrapassou os outros três encontros que já tínhamos feito. Tivemos 122 congressistas num total de 143 pessoas que estiveram presentes", disse António Alves à agência Lusa.

O representante da Associação Nacional de Freguesias (Anafre) nos Açores, também presidente da junta de freguesia do Posto Santo, na ilha Terceira, lembrou que o número de participantes neste encontro nunca foi atingido nas três edições anteriores que decorreram nas ilhas de São Miguel, Terceira e Faial e que a edição deste ano "contou com a representação de autarcas de todas as ilhas dos Açores", à exceção da ilha do Corvo que só tem um município sem junta de freguesia.

"Os encontros têm sido feitos de dois em dois anos, portanto, este é o último ano do mandato aqui da delegação, é ano de eleições e estava no nosso compromisso aquando eleitos a ideia de descentralizar e irmos a todas as ilhas dos Açores e foi ótimo, correu muito bem", disse.

O 4º Encontro Regional das Freguesias dos Açores, que terminou hoje, em Vila do Porto, na ilha de Santa Maria teve a conferência principal sob o tema "Cidadania e o aprofundamento da Democracia local - atribuições e competências das freguesias".

A conferência contou com a presença do vice-presidente da Anafre, Armando Vieira que fez "o ponto de situação" das negociações que estão a ser feitas com o Governo da República e com a Associação Nacional de Municípios Portugueses "no que diz respeito às atribuições e competências das freguesias e às alterações que estão a ser feitas na lei".

"Há, de facto, uma compreensão da realidade das freguesias do país e a ideia é termos estes documentos aprovados ainda este ano, para depois começarem a ser implementados a partir de Janeiro do próximo ano e já com os novos executivos eleitos em Outubro", disse António Alves.

A delegação regional dos Açores da Anafre aproveitou ainda o encontro para fazer a assembleia-geral, na qual "foram aprovados por unanimidade" o plano e orçamento para 2017 e as contas de gerência de 2016.

António Alves referiu-se à dificuldade que existe em gerir a delegação regional dos Açores da Anafre com um orçamento "de cerca de 9 mil euros" que resulta das quotizações das associadas sendo que, neste momento, conta com 117 freguesias açorianas, ou seja, "77% das freguesias dos Açores".

"Não é nada fácil de gerir porque, além da nossa especificidade, a nossa preocupação foi ter representantes no órgão diretivo de todas as ilhas dos Açores, para cumprirmos os nossos regulamentos e fazermos no mínimo quatro reuniões anuais o que é muito difícil", afirmou.

Segundo o responsável, a "Anafre está consciente desse problema e também o Governo Regional quando possível tem colaborado".

No arquipélago dos Açores existem atualmente 155 freguesias dispersas por oito das nove ilhas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.