Empresa portuguesa lança primeiro ATM de 'bitcoins' em Portugal

Empresa portuguesa lança primeiro ATM de 'bitcoins' em Portugal

 

AO/Lusa   Economia   4 de Out de 2014, 10:20

O primeiro ATM de 'bitcoins' em Portugal, operado pela empresa lisboeta Captain Wings e com a marca Bitcoin Já, vai ser hoje à tarde inaugurado em Lisboa. Através deste aparelho, que não está ligado ao sistema bancário, os utilizadores poderão converter euros em 'bitcoins' e também o inverso, através dos códigos QR que estão associados a esta moeda digital.

 

“O que acontece é que as pessoas têm uma conta virtual de ‘bitcoins’, chegam à máquina e apresentam o código QR (um código complexo impresso em barras, que pode estar disponível no telemóvel ou impresso num papel) e introduzem os euros que querem converter. Os ‘bitcoins’ são então transferidos para a sua conta”, explicou à agência Lusa o diretor geral da Captain Wings, Joaquim Lambiza, acrescentando que estas operações podem ser realizadas em sentido inverso. Nessas, é a máquina que entrega euros ao consumidor em troca de ‘bitcoins’.

Os ‘bitcoins’ são uma moeda digital que funciona sem entidades financeiras intermediárias, independente de governos e de bancos centrais. Como existem apenas ‘online’ e os seus utilizadores acedem ao dinheiro através de chaves criptográficas, “têm grande utilidade para quem faz compras ‘online’, para quem viaja ou para imigrantes que precisam de transferir dinheiro para os seus países”, exemplificou o mesmo responsável.

Por outro lado, será necessário que o vendedor aceite ‘bitcoins’, o que entre várias empresas já acontece hoje com o portal ‘online’ Expedia e com o Paypal, um sistema de pagamentos seguros na Internet, indicou o diretor-geral. “Há pouco tempo estive em Londres e paguei um ‘cappuccino’ e um croissant com ‘bitcoins’ através do telemóvel, utilizando o código QR”, exemplificou, adiantando que um dos objetivos da empresa é generalizar este tipo de utilização, “promovendo as cripto-moedas em geral”.

Quanto à cotação desta moeda, “existem várias empresas na Europa que compram e vendem 'bitcoins' e ela é definida a 100 por cento pelo mercado, pelo que existe uma volatilidade do valor. Varia de segundo para segundo”, indicou o diretor-geral.

Ao valor da moeda - que se o ATM já estivesse operacional rondaria hoje à tarde 302 dólares por ‘bitcoin’ - a Captain Wings acrescenta três por cento de taxa, valor que reverte para a empresa.

Nos planos da Captain Wings está ainda a inauguração de mais três aparelhos ATM da mesma marca em Portugal, dois dos quais no Algarve e outro no Porto, mas estão à procura de operadores para essas regiões.

O objetivo aliás é não ser a empresa a operar os ATM mas sim exportar estas máquinas, que são fabricadas em Portugal pela Partteam, para países onde a Captain Wings quer captar compradores interessados nas novas funcionalidades que irá desenvolver. “Queremos diversificar a forma de rentabilização destas máquinas para os seus operadores, permitindo aos utilizadores pagarem serviços e carregarem as contas do Paypal, por exemplo”, referiu.

A mais longo prazo, a empresa dirigida por Joaquim Lambiza quer também desenvolver soluções empresariais baseadas na tecnologia ‘bitcoin', disse também o diretor-geral, que se escusou a revelar o valor de investimento já realizado.

As ‘bitcoins’ que forem fornecidas pelo novo ATM, inaugurado amanhã no cinema Saldanha Residence, em Lisboa, passam a poder ser utilizadas para comprar bilhetes neste cinema.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.