Eleições diretas para PS/Açores começam esta sexta-feira com Vasco Cordeiro candidato único

Eleições diretas para PS/Açores começam esta sexta-feira com Vasco Cordeiro candidato único

 

Lusa/AO Online   Regional   15 de Jan de 2016, 13:04

Cerca de 4.500 militantes são esta sexta-feira e no sábado chamados a votar nas diretas para o PS/Açores que contam com Vasco Cordeiro como candidato único, mantendo-se o ato eleitoral apesar do furacão Alex.

Segundo informação do PS/Açores, a eleição do presidente, dos delegados ao XVI Congresso Regional, bem como dos dirigentes dos órgãos locais partidários realizam-se em 47 secções nas nove ilhas da região.

Vasco Cordeiro, também presidente do Governo Regional dos Açores, foi eleito pela primeira vez para liderar o PS no arquipélago a 12 de janeiro de 2013.

Na apresentação da recandidatura, no passado dia 04, Vasco Cordeiro afirmou que “o sonho e a ambição” que tem para o progresso dos Açores não estão ainda plenamente realizados, exemplificando que ambiciona mais na criação do emprego, na Educação ou na Saúde.

Ao resumir as razões da recandidatura, o líder do PS/Açores realçou ainda o “dever de lutar pelo povo destas ilhas, honrando o legado” que lhe foi transmitido e, no que concerne à autonomia, salientou a importância de se estar “sempre vigilantes e prontos”.

Vasco Cordeiro adiantou que “a candidatura a presidente do Governo [Regional] é também obviamente o que está em causa neste processo”, mas a razão que motiva esta candidatura “não é a questão de ganhar as eleições regionais”, que se realizam este ano, embora tal possa ser o “fruto da confiança” no trabalho do PS.

O XVI Congresso Regional do PS/Açores terá lugar nos dias 18, 19 e 20 de março, em São Miguel, e contará, entre delegados eleitos e inerentes, com perto de 300 congressistas, anunciou o partido.

O ciclone ‘Alex’ vai passar a furacão e atingir o grupo central dos Açores hoje, disse na quinta-feira à agência Lusa Carlos Ramalho, meteorologista da delegação regional do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA emitiu um aviso vermelho, prevendo que as rajadas de vento possam atingir 160 quilómetros/hora e o mar tenha ondas até 14 metros no grupo central do arquipélago (Graciosa, São Jorge, Pico, Faial e Terceira).

O aviso vermelho é também relativo ao vento e agitação marítima para estas ilhas.

Para o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) foi também emitido um aviso vermelho para chuva e vento.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.