Educação vai continuar a ser “prioridade” do Governo dos Açores em 2018

Educação vai continuar a ser “prioridade” do Governo dos Açores em 2018

 

Lusa/AO Online   Regional   14 de Nov de 2017, 18:13

O secretário da Educação dos Açores garantiu hoje que o setor vai continuar a ser prioridade do Governo Regional em 2018, ano em que mantém as apostas no combate ao insucesso escolar e à conclusão de obras em escolas.


"A provar que a Educação é uma prioridade deste Governo, estão os aumentos verificados na Ação Social Escolar, no apoio ao ensino profissional e às instituições de ensino particular, cooperativo e solidário, e no que respeita aos projetos pedagógicos para garantir a continuidade do Prosucesso [Programa de Promoção do Sucesso Escolar]", explicou Avelino Meneses.

O secretário regional da Educação e Cultura foi hoje ouvido pela Comissão de Assuntos Sociais da Assembleia Legislativa dos Açores, a propósito das propostas de Plano e Orçamento regionais para o próximo ano, que vão ser discutidas e votadas em plenário entre 28 e 30 de novembro.

O titular da pasta da Educação destacou também o facto dos documentos orçamentais contemplarem verbas, de "forma adequada", para a realização de obras no parque escolar da região, dando como exemplo a continuidade das intervenções nas escolas da Calheta, na ilha de São Jorge, e Canto da Maia, em São Miguel.

Ainda em São Miguel, estão igualmente previstas no próximo ano outros investimentos, como a empreitada nas Capelas, que está em processo de adjudicação, nos Arrifes, em Rabo de Peixe e na Lagoa, bem como reabilitações e manutenções noutros estabelecimentos.

Já no âmbito da Cultura, Avelino Meneses destacou as obras no Museu Francisco Lacerda, em São Jorge, e do Cinema do Aeroporto, em Santa Maria, além de intervenções no Núcleo Museológico de Vila do Porto e no Museu do Tempo do Ecomuseu do Corvo.

"A conjugação destes fatores contribui para que se feche um propósito do Governo em matéria cultural, ou seja, dotar cada uma das nossas ilhas de uma unidade museológica de qualidade, que sirva a dinamização cultural e sirva, certamente, a oferta turística", frisou o governante.

Em relação ao desporto, área também tutelada por Avelino Meneses, o secretário regional registou, com agrado, o acréscimo de projetos desportivos, que o executivo açoriano promete continuar a apoiar, apesar de este ser considerado uma "prioridade negativa" por parte da União Europeia.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.