Economia açoriana não ganha com turistas retidos pelas cinzas

Carregando o video...

 

Rui Jorge Cabral   Regional   21 de Abr de 2010, 15:16

Algumas centenas de turistas ficaram retidos em Ponta Delgada na última semana e meia devido às cinzas vulcânicas, mas a economia local perdeu mais do que ganhou
O turismo açoriano perdeu mais do que ganhou com os cancelamentos de voos provocados pelo encerramento de vários aeroportos devido à nuvem de cinzas vulcânicas com origem na Islândia e que alastrou pela Europa.

Se é verdade que os hotéis ganham com a estadia prolongada dos turistas que não conseguem voo de regresso, é ainda mais verdade que as reservas canceladas na origem estão neste momento a pesar mais do que as estadias forçadas.

O comércio tradicional, a restauração, os taxistas e as empresas que alugam autocarros para excursões também pouco ganham com esta situação, pois os turistas que ficam, regra geral, já viram o que tinham a ver e estão na ansiedade do regresso, pelo que praticamente já não saem de Ponta Delgada e aproveitam o almoço e o jantar pagos pelas companhias aéreas.


Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Quarta-Feira, Dia 21 de Abril de 2010

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.