Disputa pela direcção geral da FAO é formalizada pelo Brasil


 

Lusa/AO online   Internacional   5 de Nov de 2010, 10:52

O Brasil formalizou a disputa pela direcção geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), mas não divulgou o nome do seu candidato, que poderá ser Lula da Silva, noticia esta sexta-feira a imprensa brasileira.
Segundo o jornal O Estado de São Paulo, que cita fontes do Governo, sem identificar, o cuidado em não divulgar o candidato deve-se ao facto de o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva não ter ainda decidido se concorrerá ao posto ou se deixará a disputa para o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.

De acordo com autoridades brasileiras, o candidato original de Lula da Silva, José Graziano, não teria muitas hipóteses em ser indicado pelo Governo para o organismo da ONU, com sede em Roma.

A definição sobre a candidatura terá de esperar pela escolha do sucessor de Celso Amorim no Ministério das Relações Exteriores, segundo as mesmas fontes.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.