Dias difíceis para os alérgicos

Dias difíceis para os alérgicos

 

Lusa/AOonline   Regional   14 de Mai de 2010, 09:28

Os níveis de pólenes no ar vão aumentar nos próximos dias devido à previsão da melhoria das condições meteorológicas, informa o Boletim Polínico da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica.

Os pólenes estarão em níveis elevados nos Açores , com destaque para os pólenes de gramíneas, pinheiro, carvalho, erva parietária e vidoeiro.

Na Madeira  os pólenes encontram-se igualmente em níveis elevados, com predomínio dos pólenes de eucalipto, gramíneas e ervas parietária e tanchagem.

Com a ausência de chuva e a subida da temperatura, esperam-se concentrações elevadas de pólenes, principalmente no Sul do país. O alerta vai particularmente para os doentes com alergia aos pólenes de gramíneas, oliveira, sobreiro, ervas parietária e tanchagem.

Para o Norte do país, a previsão é de níveis elevados de pólenes, predominando os de carvalho, pinheiro, gramíneas, ervas parietária e tanchagem, refere o Boletim Polínico.

Estarão também em níveis elevados no Centro do país e região de Coimbra, com destaque para os de oliveira, sobreiro, gramíneas e erva parietária.

Na Estremadura e região de Lisboa, os pólenes encontram-se em níveis muito elevados, dominando os de oliveira, sobreiro, gramíneas, ervas parietária, tanchagem e azeda, pinheiro, azinheira e outros carvalhos.

Os níveis mais elevados de pólen para a semana de 14 a 20 de Maio esperam-se para o Alentejo, com predomínio de gramíneas, sobreiro, oliveira, ervas parietária, tanchagem e azeda, pinheiro, azinheira e outros carvalhos.

No Algarve, os pólenes encontram-se em níveis muito elevados, prevalecendo os de oliveira, gramíneas, sobreiro e ervas tanchagem, quenopódio e azeda.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.