Défice orçamental atinge os 3,6% até setembro


 

Lusa/AO Online   Economia   23 de Dez de 2015, 09:47

O défice orçamental das administrações públicas fixou-se em 4.843,7 milhões de euros até setembro, ou seja, 3,6% do Produto Interno Bruto (PIB), segundo dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

 

De acordo com as contas trimestrais por setor institucional, publicadas hoje pelo INE, em contas nacionais, a ótica que conta para Bruxelas, nos três primeiros trimestres de 2015, "o saldo global das administrações públicas fixou-se em -4.843,7 milhões de euros, -3,6% do PIB", valor que compara com um défice de 8,9% em igual período do ano passado, ou de 5,1% excluindo a capitalização do Novo Banco.

O INE refere que "esta melhoria foi determinada sobretudo pela diminuição da despesa em 8%" nos primeiros nove meses do ano, refletindo o registo da capitalização do Novo Banco no período homólogo, mas também o aumento da receita total, de 2,2%.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.