Criminalidade desce nos Açores mais do dobro da média nacional

Criminalidade desce nos Açores mais do dobro da média nacional

 

Carla Dias   Regional   25 de Mar de 2010, 07:36

O número de crimes nos Açores, ao longo de 2009, registou um decréscimo de 3 por cento, face ao ano anterior. O que representa mais do dobro do valor da descida da média nacional, situada em 1,2 pontos percentuais. Já na Madeira, a criminalidade aumentou 5,4 por cento face a 2008.

De acordo com dados do relatório Anual de Segurança Interna, no ano passado, a Região registou em números absolutos 10.669 participações, sendo o total nacional de 416.058.

Também a criminalidade violenta e grave, baixou. Registando-se um total de 240 casos, o que equivale a um crime grave por mil habitantes. A média nacional regista-se nos 5,8 por cento do total da criminalidade.

O relatório Anual de Segurança Interna de 2009, revela ainda que se registou uma descida no que toca a crimes contra o património, categoria que representa mais de metade da criminalidade do país, verificando-se, pelo contrário, subidas menos relevantes nos crimes contra pessoas, contra a vida em sociedade, onde se inclui a condução sob o efeito de álcool, e nos crimes de legislação avulsa, categoria onde se inclui o tráfico de estupefacientes.

Em relação à violência doméstica, registou-se um aumento de cerca de 40 casos, em relação a 2008, reduzindo a tendência de subida que se tem vindo a registar na região.

O Relatório inclui ainda uma comparação, com as taxas de criminalidade registadas na União Europeia a 15, verificando-se que tanto o país como os Açores se encontram muito abaixo da média comunitária, que é de 69,1 crimes por mil habitantes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.