Criança com VIH em remissão sem medicamentos durante mais de oito anos

Criança com VIH em remissão sem medicamentos durante mais de oito anos

 

Lusa/AO online   Internacional   24 de Jul de 2017, 16:24

Uma criança sul-africana que nasceu com VIH viveu de forma saudável durante cerca de nove anos sem medicamentos, tendo apenas sido submetida a um tratamento durante os seus primeiros meses de vida.

Trata-se do terceiro caso de remissão do VIH sem tratamento com medicamentos que é observado numa criança, sublinha o estudo que foi apresentado na conferência internacional sobre investigação em VIH/sida que decorre em Paris.

Isto “vem reforçar as esperanças de um dia libertar crianças seropositivas do fardo de um tratamento ao longo da vida, tratando-as por um curto período nos primeiros meses de vida”, refere Anthony Fauci, diretor do Instituto norte-americano de Doenças Infeciosas.

O investigador ressalva que é sempre possível haver uma recaída, como em qualquer remissão.

“Mas o facto de esta remissão ser verificada por um longo período sugere que pode ser sustentável”, indicou ainda, citado pela agência France Presse.

A rapariga sul-africana foi submetida a partir dos dois meses a tratamentos antirretrovirais, o que dificultou o desenvolvimento do vírus da sida. Dez meses depois o tratamento foi interrompido deliberadamente no âmbito do estudo, verificando-se que o vírus tinha sido reduzido a uma carga indetetável.

Oito anos e nove meses depois, o vírus do VIH permanece com carga indetetável mesmo não se tendo submetido a mais tratamentos.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.